Prefeitura inicia implantação de Sistema de Irrigação com alta tecnologia

Agricultura familiar é fortalecida através da bovinocultura de leite no Assentamento Gangu

Agricultura
Sexta, 08 de Dezembro de 2017.
Prefeitura Municipal

A Prefeitura, em mais uma ação de fortalecimento da agricultura familiar no município, iniciou na última quarta-feira (06/12), no Assentamento Gangu, a primeira etapa do projeto de Pecuária de Leite intensificada com alta tecnologia de irrigação e pasteio. O Projeto foi desenvolvido entre a Prefeitura e o Governo Estado por meio da Secretária de Desenvolvimento Rural (SDR), através da Superintendência de Agricultura Familiar (SUAF) e da Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA).

Estiveram presentes na implantação do sistema de irrigação o secretário de Agricultura e Meio ambiente, Marcelo Paranhos, o superintendente da Agricultura Familiar da Bahia, Marcelo Matos, o subgerente da Unidade Técnica Estadual da CDA, Vinicius Vidreira, técnicos da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e assentados.

A Associação Curumin Massapê (Gangu) adquiriu a Fazenda através do Programa Nacional de Crédito Fundiário. Nesta ação foi implantado o núcleo de bovinocultura de leite,que envolve a aquisição de animais, insumos,adubos, fertilizantes e equipamentos para irrigação.OSubgerente da CDA, Vinícius Vidreira valorizou a implantação do projeto no assentamento. “Acreditamos que a Associação Curumim Massapê (Gangu) venha dar um resultado positivo para a reforma agrária na Bahia e no município. Parabenizo o prefeitoBreno Konrad pela iniciativa em estar participando do projeto”, falou Vidreira.

Para o líder da comunidade, Raimundo da Conceição Almeida, esse é um sonho que está se tornando realidade. “Nós aqui do assentamento somos muito gratos ao trabalho que está sendo feito tanto pelo Governo do Estado quanto Prefeitura, através de Dr. Breno e do Secretário de Agricultura.O projeto que está sendo implantado só vem agregar valores e ficamos muito felizes, porque temos a dificuldade com sol e a chuva, e com esse sistema de irrigação vai melhorar bastante para a alimentação das vacas. Hoje estamos vendo esse sonho realizado, porque é um sonho que a gente não tinha a projeção de quando ia acontecer. Através da Prefeitura estamos vendo esse sonho realizado, e isso é uma satisfação imensa” declarou Almeida.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelo Paranhos, ressaltou o trabalho de fortalecimento da agricultura familiar que vem sendo desenvolvido no município. “Os agricultores familiares do assentamento Gangu foram contemplados com o projeto, adquiriram os animais, os equipamentos chegaram e, com o apoio da Prefeitura e do Governo do Estado, estamos criando a infraestrutura básica de produção, fomentando e fortalecendo a agricultura familiar do nosso município. Agradeço ao Prefeito que deu todas as condições para o desenvolvimento desse trabalho. A parceria entre o Governo Estado e a Prefeitura só vem somar, agregar etem trazido bons resultados para nossa cidade”, disse ele.


COMO IRÁ FUNCIONAR:

A estratégia é a vaca ir comer no pasto e não ser mais necessário levar comida até ela. Com isso,consegue-se reduzir o custo de produção e, para isso,a tecnologia tem que ser apropriada. O processo é feito através de irrigação, adubação da pastagem e também da ferti-irrigação. A área é dividida em piquetes e as vacas vão pastejar no piquete. Ao entrar no piquete no final da tarde e saindo no outro dia, aquelas vacas de maior produção serão suplementadas apenas com alimento concentrado.

Marcelo Matos, superintendente da CDA, fala sobre a implantação do sistema e a parceria da Prefeitura durante a execução do projeto. “O que existe de mais moderno em termos de produção de pastagem e de leite a pasto no Brasil está sendo implantada aqui no assentamento Gangu, utilizando o pasteio rotacionado.Queremos, no futuro, quando o solo já estiver devidamente corrigido,ter 15 vacas em lactação nessa área e produzindo mais de 200 litros de leite. O apoio da Prefeitura foi fundamental, principalmente nessa última fase da implantação do projeto, apoiando e assessorando os agricultores nos processos de compra dos materiais para irrigação, para cerca, adubos e das vacas. Essa parceria foi e está sendo fundamental para execução do projeto”, concluiu Matos.


Texto: Nara Letícia 
Fotos: Gilson Santana

Voltar
Sexta, 08 de Dezembro de 2017.