Reunião com moradores da Urbis encaminha entrega de escrituras das casas

Ação é fruto da parceria entre a Prefeitura de São Sebastião do Passé e o Governo do Estado

Governo
Terça, 12 de Dezembro de 2017.
Prefeitura Municipal

A tarde de segunda-feira (11/12) foi de muita alegria e festa para dezenas de moradores da I, II, III e IV Etapa da URBIS. A Prefeitura Municipal de São Sebastião do Passé, em parceria com o Governo do Estado, realizou no Ginásio de Esportes Octávio Brandão uma reunião de debater, orientar e explicar as etapas do Programa de Regularização Fundiária da URBIS, que vai garantir a entrega de cerca de 650 escrituras de imóveis.    

O secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Carlos Martins, destacou a Prefeitura como peça-chave dentro do processo de entrega das escrituras. “O Governo do Estado lançou esse programa no ano passado. Ele funciona da seguinte maneira: nós chegamos no local e fazemos uma reunião como essa com todos os mutuários. Marcamos o período para que as pessoas entreguem toda documentação necessária, e a partir daí a gente emite as escrituras e marcamos o dia da entrega. A realização deste sonho para muitas pessoas só é possível graças ao apoio e cooperação técnica da Prefeitura”, explicou Martins.

O prefeito Dr. Breno Konrad ressaltou que o trabalho por quem mais precisa é uma prioridade da gestão. “Esse processo de regularização já é uma realidade em nossa cidade. Estamos felizes com esse trabalho, porque sabemos que as pessoas estão há muito tempo nessa espera para se sentirem seguros com a posse das propriedades. É importante reforçar também que não vai ter custo nenhum para as famílias”, comentou. 

O prazo definido na reunião para a entrega da documentação é de 8 a 12 de janeiro de 2018. “É com muita alegria e satisfação que vamos entregar em breve as escrituras aos mutuários da Urbis em São Sebastião. Não é uma tarefa fácil, porque as pessoas ficaram bastante tempo sem esses títulos, mas vamos continuar nessa luta para entregar as escrituras o quanto antes”, disse o diretor liquidante da URBIS, Dr. Emerson Leal. 

Entre os moradores da URBIS, o sentimento é de alegria e alívio. “Nós esperávamos por isso por mais de 10 anos, desde o processo de quitação, para que isso fosse resolvido. É uma tranquilidade para nós saber que vamos ter um documento que garante que a casa é realmente nossa. Eu fico feliz de viver esse momento”, comentou Vadileuza Cristina, moradora da Urbis III. “É uma grande vitória para mim. Eu tenho essa casa há muito tempo, criei meus filhos lá, e graças a Deus a esperança que eu tinha de receber a escritura vai se realizar”, completou sorridente Raimunda Cardoso Andrade, também moradora da Urbis III. 


Texto: Diego Costa
Fotos: Gilson Santana 


Voltar
Terça, 12 de Dezembro de 2017.